por Luiz Felipe Simões

 

Mais um ano se passou, e como todo começo de ano sempre tem aquelas contas como IPTU, IPVA, seguro do carro e material escolar para complicar a nossa vida financeira. Pensando em te ajudar a começar o ano com o pé direito, separamos oito dicas para ajudar na organização do orçamento desse começo do ano.

 

Planejamento

 

Essa é a principal dica para ajudar a organizar suas finanças. Com planejamento e disciplina é bem mais difícil se enrolar com os boletos. Aproveite o começo do ano e organize todas as suas despesas em uma planilha. Nela, coloque tudo que você tem que pagar até fevereiro e quanto dinheiro você terá disponível para isso. Com uma planilha fica muito mais fácil de verificar se o dinheiro é suficiente para arcar com as contas nesse início do ano e fazer planos para os próximos meses.

Use o 13º salário

 

Recebeu o benefício e conseguiu guardar um pouquinho dele? Usar o seu 13º salário para pagar as contas do começo do ano é uma excelente ideia. 

 

Use a reserva de emergência

 

Precisou usar todo o 13º salário no final do ano? Aí, complicou um pouco, mas, sem problemas! Se você vem acompanhando nosso blog já deve ter ouvido falar sobre a reserva de emergência e como ela é importante. É justamente nessas horas de aperto que esse dinheiro vem bem a calhar. Mas não se esqueça de repor o dinheiro, ok?

 

Compre o material escolar de forma coletiva

 

Janeiro também é conhecido como o mês de comprar o material escolar para as crianças. Além de pesquisar bastante os preços - já que, segundo um levantamento do Procon, os preços podem variar mais de 300% - você pode economizar comprando de forma coletiva com outros pais. Como o volume das compras nesses casos é bem maior, dá para negociar melhores descontos e condições.

 

Crédito pessoal

 

Não sobrou 13º salário e você ainda não fez reserva de emergência? Talvez valha a pena você fazer um empréstimo para te ajudar a colocar as contas em dia. As taxas de juros do Crédito Pessoal são menores do que as do Cheque Especial e até mesmo do Rotativo, além disso com o dinheiro do empréstimo você quita as dívidas e concentra tudo em uma única parcela. Mas é importante lembrar que as parcelas tem que caber no seu orçamento e não vão atrapalhar as suas finanças, ok?

 

 

Parcelamento de fatura

 

Ficou apertado para pagar o valor total da sua fatura este mês? Sem problemas, uma boa ideia para você evitar os juros do rotativo é parcelando a sua fatura, além de fugir dos juros mais altos você pode escolher a quantidade de parcelas, dentro das opções disponíveis e se deseja pagar algum valor de entrada ou não.

 

Atenção aos descontos

 

Está com dinheiro do bolso? Aproveite para fazer pagamentos à vista. Assim, você consegue negociar descontos e deixar o parcelamento de compras para situações mais vantajosas.

 

Conte com a AEC (Avaliação emergencial de crédito)

 

Essa dica é para você que na hora de fazer uma compra faltou um pouquinho de limite no cartão de crédito. Nesses casos, você pode contar com a Avaliação Emergencial de Crédito, um serviço que avalia individualmente a aprovação de compras que ultrapassam seu limite. A análise é feita para cada compra e pode ser aprovada ou não. Ah, não esqueça de consultar as condições desse serviço pois ele poderá ser cobrado dependendo do seu cartão de crédito.

 

Bom, agora você já está bem informado para começar o ano com o pé direito e com as contas em dia, quer saber como usar o seu celular para pagar? Saiba como cadastrar o seu Credicard nas principais carteiras digitais !