5 dicas para organizar a sua vida financeira


Por Luiz Felipe Simões

 

Quem nunca se empolgou nas comprinhas e acabou fechando o mês com a conta no vermelho? Acredite: isso pode acontecer com qualquer um. Por isso, pedimos para Virginia Prestes, professora de finanças da FAAP, compartilhar 4 dicas de ouro para qualquer um começar a organizar a vida financeira, seja para evitar as dívidas, começar a guardar dinheiro ou realizar um sonho.

 

1- Defina seus objetivos

Quais são os seus planos? Fazer uma viagem? Comprar um celular novo? Mobiliar a casa? Fazer uma reserva de emergência? Ao traçar um objetivo, fica mais fácil controlar as finanças. Sem isso, fica difícil saber quanto dinheiro você quer ou pode gastar. Tem alguma dívida? Então seu foco deve ser resolvê-la primeiro.

2- Saiba como seu dinheiro entra, e como ele sai

Você sabe exatamente o quanto você ganha e o quanto gasta? Cada centavinho do seu salário? Xi, pensou para responder essa pergunta? Então vale a pena seguir a segunda dica: saiba exatamente como seu dinheiro entra e como ele sai.

Faça uma planilha, pode ser no computador, por aplicativo ou até mesmo no papel, o importante é anotar. Depois, separe cada despesa em categorias. Pode ser: alimentação, transporte, condomínio, aluguel, rolê com os amigos, comprinhas. No app do seu Credicard, por exemplo, você tem todas as informações e histórico das suas compras para ajudar nesse controle.

3- ​Avalie quais despesas podem ser cortadas

Depois de analisar os seu gastos por alguns meses e ter uma ideia de como o seu dinheiro está sendo gasto, avalie quais despesas são essenciais e quais são desnecessárias - e podem, portanto, ser reduzidas e até cortadas. Sabe a mensalidade da academia que você paga, mas não vai? Ou a assinatura daquele serviço que você não usa mais? Opa! Pode começar a cortar os gastos por aí!

4- ​Começar a poupar

Em outro texto nosso ensinamos a regra do 50-20-30​, que ajuda muito você organizar a sua vida financeira pois ajuda a entender como disponibilizar o seu dinheiro entres os tipos de gastos.

Se você já conseguiu se livrar das dívidas, agora é a hora de começar a poupar. O aconselhado é guardar, no mínimo, 20% da sua renda para fazer sua reserva de emergência para imprevistos. O ideal é ter um valor suficiente para cobrir suas despesas por alguns meses.

Aí, sim, dá para começar a se organizar financeiramente para alcançar objetivos maiores, como fazer uma viagem internacional, ir morar sozinho, fazer um curso ou comprar um carro. Você escolhe!

Fique de olho no nosso blog e conte com a gente para continuar recebendo dicas para cuidar melhor do seu dinheiro!

Especialista consultada: Virginia Prestes, Professora de Finanças na FAAP.